botao voltar

Topoi. Revista de História
Volume 18, Número 34 | Janeiro - Abril 2017



Às margens da Açucaristocracia: segredos internos da Recife da década de 1970 em um conto de Alexandre Furtado.

 

En las márgenes de la azucaristocracia: secretosinternos de la Recife de la década de 1970 en un cuento de Alexandre Furtado.

 

On the Sugaristocracy Edges: 1970s Recife’s Secrets in a Short Story by Alexandre Furtado


Alexander Martins Vianna

 

Às margens da Açucaristocracia: segredos internos da Recife da década de 1970 em um conto de Alexandre Furtado.

 

Resenha de/ Revisión crítica de/ Reviewof FURTADO, Alexandre. Os mortos não comem açúcar. Rio de Janeiro: Confraria do Vento, 2015. 151p.


 

 

Como citar / Cómo citar / Cite this item:

FURTADO, Alexandre. Os mortos não comem açúcar. Rio de Janeiro: Confraria do Vento, 2015. 151p. Resenha de VIANNA, Alexander Martins. “Às Margens da Açucaristocracia: Segredos internos da Recife da década de 1970 em um conto de Alexandre Furtado.” Topoi. Revista de História, Rio de Janeiro, v. 18, n. 34, p. 212-216, jan./abr. 2017. Disponível em/ Disponible en/ Available at: <www.revistatopoi.org>.

 


Compartilhe essa página via:


botao voltar