botao voltar

Topoi. Revista de História
Volume 17, Número 33 | Julho - Dezembro 2016



O que narram os historiadores? Para uma genealogia da questão narrativa em História.


Jurandir Malerba

O que narram os historiadores? Para uma genealogia da questão narrativa em História.

“Gravure anonyme d’après J.-L. Boquet, 1795. Images reproduites avec l’aimable autorisation de la bibliothèque John Carter Brown, cote : Fr795 B727 Oversize”. Disponível em: http://jcb.lunaimaging.com/luna/servlet/s/0k6k59.

 



Este artigo discute o caráter e a função da narrativa histórica, discussão que vinha se desenvolvendo numa clave específica da filosofia analítica anglo-saxônica, cuja linha de pensamento e argumentação foram nítida e rapidamente abandonadas no início dos anos 1970, com o surgimento do paradigma linguístico pós-estruturalista e, paralelamente, das teses do crítico literário estadunidense Hayden White. A ruptura nessas linhas de pensamento acabou obliterando o potencial da reflexão em andamento antes que todas as suas premissas fossem exauridas. Na primeira parte deste artigo, relata-se um debate recente entre dois expoentes da Filosofia da História. Em seguida, há uma breve recensão bibliográfica acerca do tema da narrativa histórica na perspectiva da Filosofia Analítica.

 

Palavras-chave: narrativa histórica; narrativismo; Filosofia Analítica da História; Filosofia Analítica da Linguagem; Teoria da História.

 

 

Como citar:

MALERBA, Jurandir. O que narram os historiadores? Para uma genealogia da questão narrativa em história. Topoi. Revista de História, Rio de Janeiro, v. 17, n. 33, p. 399-418, jul./dez. 2016. Disponível em: <www.revistatopoi.org>.

 

 

 


¿Qué narran los historiadores? Por una genealogía de la cuestión narrativa en História.


Este artículo discute la naturaleza y la función de la narrativa historica, una discusión que se ha desarrollado inicialmente bajo una clave específica de la Filosofia Analítica anglosajona, cuya línea de pensamiento y argumentación fueron clara y rapidamente abandonadas a princípio de los años 1970, con el surgimiento del paradigma lingüístico post estructuralista y, en paralelo, de las tesis del crítico literario estadunidense Hayden White. La ruptura en tales líneas de pensamiento ha obliterado el potencial de la reflexión en curso antes de que se exploraran todas sus premisas. En la primera parte de este artículo, se reporta un debate reciente entre dos expertos en Filosofia de la Historia. Enseguida hay una breve recensión bibliográfica sobre el tema de la narrativa histórica bajo la perspectiva de la Filosofia Analítica.

 

Palabras clave: narrativa histórica; narrativismo; Filosofia Analítica de la História; Filosofia Analítica del Lenguaje; Teoria de la História.

 

 

Cómo citar:

MALERBA, Jurandir. O que narram os historiadores? Para uma genealogia da questão narrativa em história. Topoi. Revista de História, Rio de Janeiro, v. 17, n. 33, p. 399-418, jul./dic. 2016. Disponibleen: <www.revistatopoi.org>.

 

 

 

 

What do Historians Narrate? For a Genealogy of the Narrative Issue in History.


This paper discusses the nature and function of the historical narrative, a debate initially developed under a specific Anglo-Saxon key for Analytical Philosophy, whose line of thought and argumentation were clearly abandoned in a few years due to the emergence of a poststructuralist linguistic paradigm and, in parallel, the theses of the American literary critic Hayden White, in the early 1970s.The disruption of such lines of thought led to the obliteration before all of its potential could be explored. In the first part of the paper we report a recent debate between two experts in Philosophy of History, followed by a brief literature review on historical narrative from the perspective of analytical philosophy.

 

Keywords: Historical Narrative; Narrativism; Analytic Philosophy of History; Analytic Philosophy of Language; History Theory.

 

 

Cite this item:

MALERBA, Jurandir. O que narram os historiadores? Para uma genealogia da questão narrative em história. Topoi. Revista de História, Rio de Janeiro, v. 17, n. 33, p. 399-418, Jul./Dec. 2016. Available at: <www.revistatopoi.org>.

 


Compartilhe esse artigo / Comparte este artículo / Share this article:


botao voltar